+55 19 4122-3073
Óleo de Fígado de Bacalhau - Suplemento a base de Vitamina A e D 60 cápsulas

Óleo de Fígado de Bacalhau - Suplemento a base de Vitamina A e D 60 cápsulas

Óleo de Fígado de Bacalhau - Suplemento a base de Vitamina A e D 60 cápsulas

Modelo:298
Disponibilidade:4
  • R$ 19,00

O Óleo de Fígado de Bacalhau é rico em vitaminas A e D, a deficiência de vitamina A,  provoca alterações oculares e pode causar retardo no crescimento.

A vitamina D promove absorção de cálcio, coadjuvante no desenvolvimento dos ossos e dentes.


Ingredientes: Óleo de fígado de bacalhau. Composição da cápsula: Gelatina, umectante glicerina e água.

Suplemento a base de Vitamina A e D 250mg 60 cápsulas


Recomendações de uso: Ingerir 1 (uma) cápsula 2 (duas) vezes ao dia, preferencialmente antes das principais refeições.


Para que serve o óleo de fígado de bacalhau?

Este óleo é uma fonte rica em nutrientes de vitaminas essenciais, incluindo vitaminas D e A, bem como o ácido graxo ômega-3, com propriedades anti-inflamatórias e que desempenham um papel crucial na saúde cardiovascular e hormonal, assim como na saúde dos sistemas imunológico, reprodutivo e neurológico. Por isso o óleo de fígado de bacalhau serve para ser tomado regularmente por adultos e crianças sob recomendação médica.


Ômega-3 e vitamina D são conhecidos por diminuir processos inflamatórios, prevenir a coagulação do sangue, preservar a saúde do cérebro e prevenir a depressão.


Dezenas de estudos ligaram o óleo de fígado de bacalhau com os seguintes benefícios:

Redução do risco de osteoartrose;

Tratamento da depressão;

Diminuição do colesterol e triglicérides;

Prevenção e tratamento do diabetes;

Redução da pressão arterial;

Prevenção de doenças cardíacas;

Prevenção e tratamento de doenças renais;

Tratamento de feridas cutâneas;

Prevenção de fraturas e osteoporose;

Redução do risco para doenças autoimunes;

Contra distúrbios oculares como glaucoma;

Tratamento de infecções de ouvido, alergias e asma.



Advertências:

Pessoas alérgicas a peixes e crustáceos devem evitar consumir deste produto.


“O Ministério da Saúde adverte: Não existem evidências científicas comprovadas de que este alimento previna, trate ou cure doenças.”

"Gestantes, nutrizes e crianças até 3 (três) anos, somente devem consumir este produto sob orientação de nutricionista ou médico”.


 


Não contém glúten


ALÉRGICOS: CONTÉM PEIXE


Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado.
    Ruim           Bom